Antes do previsto pelos médicos, o motociclista atropelado por uma caminhonete na Avenida Nelly Martins, em Campo Grande, recebeu alta da UTI e foi retirado do coma induzido neste domingo (8). A previsão era que ele ficasse em coma até amanhã.

O acidente aconteceu no dia 3 de janeiro e o jovem foi socorrido em estado grave, ele foi mantido em coma induzido por conta de inchaço no cérebro. Agora o rapaz aguarda uma cirurgia na clavícula, fraturada no acidente, e realiza exames de acompanhamento.

“Lucas tá bem melhor. Ele acordou do coma meio confuso, perguntou porque estava no hospital e eu disse que ele tinha sofrido um acidente, só isso”, relatou Lilian Mariano, mãe do jovem, complementando que não deu mais detalhes para poupá-lo do estresse.

Investigação

A Polícia Civil investiga o caso como lesão corporal dolosa de natureza grave, o motorista da caminhonete foi ouvido na última quinta-feira e disse que não viu o motociclista. No vídeo acima é possível ver o momento que o jovem é fechado pela caminhonete e cai no chão.

Uma testemunha está sendo procurada pelos policiais por ter visto os dois jovens no semáforo, momentos antes do acidente, essa pessoa, a princípio, é a única que poderia confirmar se houve ou não uma briga entre os dois envolvidos.