Um homem, de 20 anos, foi preso nesse domingo (3) pela Polícia Civil, no bairro Ipê, em Aral Moreira, distante a 388 quilômetros de Campo Grande, por manter a companheira, uma adolescente de 16 anos, em cárcere privado, ameaçá-la e ofendê-la constantemente.

A prisão ocorreu após a polícia receber uma denúncia de que a adolescente estava sendo mantida em cárcere privado em sua própria casa e que o seu companheiro seria o autor do crime. A mulher conseguiu mandar mensagens via Whatsapp para várias pessoas pedindo ajuda. 

Policiais civis, com apoio de militares de Aral Moreira, se dirigiram até a residência do casal, onde encontraram a jovem, que revelou estar proibida de sair de casa sem autorização do companheiro, mesmo para ir até a rua. Além disso, o homem era extremamente possessivo com ela.

A adolescente tem um filho de 2 meses com o autor e contou à polícia que estava proibida de estudar, trabalhar e até mesmo visitar os próprios pais, pois era ameaçada.

O autor das agressões foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Polícia Civil de Aral Moreira. Depois, foi levado para Ponta Porã, onde está a disposição das autoridades policiais.