Paraguaio de 37 anos foi preso durante barreira de controle de veículos e pessoas realizada por agentes da Terceira Delegacia na via pública do bairro Obrero. Durante checagem dos agentes, foi constatado que ele era procurado por homicídio.

Ele foi interceptado na rua Brasil e Ytororó, no bairro Obrero, conduzindo uma e sem habilitação. Ele possuía mandado de prisão por homicídio doloso na cidade de Pedro Juan Caballero.

A prisão foi decretada em fevereiro de 2022 pela juíza Librada Beatriz Peralta Céspedes. O foragido levado para a esquadra jurisdicional e está à disposição do Ministério Público do Paraguai.