Dois homens, de 44 e 43 anos, foram mortos a tiros em confronto com a polícia durante operação Marruá 2.0 feita pela Polícia Civil contra o abigeato, furto de gado, na região da Nhecolândia, no Pantanal de Corumbá, cidade a 446 quilômetros de Campo Grande.

Estiveram na ação policiais civis da 1ª DP de Corumbá, DP de , Deleagro (Delegacia Especializada de Combate a Crimes Rurais e Abigeato), DP de , DP de , além da Polícia Militar Ambiental, Bope e o Grupamento Aéreo da Sejusp (Secretária de Estado de Justiça e ).

De acordo com a polícia, durante a ação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em três residências de Corumbá e em duas áreas de propriedade rural da cidade. Ainda segundo a polícia, ao ingressarem nos pontos da propriedade rural, equipes da Deleagro e do Bope foram surpreendidas por disparos de de fogo feitos por um dos alvos da investigação e por outro homem que foram atingidos em resposta dada pelos policiais.

Um deles foi atingido por um único tiro na região do tórax e o segundo por dois disparos, também na região do tórax. Foi acionado apoio aéreo para prestar socorro aos feridos, que morreram no local. Com os dois, de acordo com a polícia, foi apreendida uma espingarda adaptada para calibre 22, com cinco munições, dentre elas uma deflagrada, e no interior de casa foi localizada, uma carabina Puma, calibre 38.

Com o segundo, foi apreendido um revólver calibre 38 com quatro munições, sendo uma deflagrada. Conforme a operação, nas áreas da propriedade rural situada na região da Nhecolândia foram encontrados produtos de furto ocorridos recentemente: placas solares, bomba de água e fios de elétrica, além de pouco mais de 100 cabeças de gado bovino e equino com sinais aparentes de remarcação e possivelmente produtos de roubos/furtos ocorridos nas fazendas adjacentes.

Saiba Mais