Policiais da 2ª de Polícia da cidade de Dourados cumpriu mandado de prisão contra um homem de 22 anos apontado como autor de roubo e extorsão praticados contra um no último mês de agosto em Dourados, cidade a 226 quilômetros de .

Segundo a polícia, em 4 de agosto, o idoso estava em sua residência, quando dois homens entraram na casa dizendo que estariam lá para cobrar uma dívida de drogas em nome de uma facção criminosa.

Os autores disseram que o filho da vítima devia a quantia de R$ 5 mil que deveria ser paga imediatamente ou todos seriam mortos. Como não tinham o valor, os assaltantes levaram um veículo Fiat Palio, e toda a sua aposentadoria.

Dias depois, a vítima passou a receber ligações com exigência de valores para a devolução do automóvel, inclusive chegou a depositar o valor de R$ 3 mil para que o carro fosse restituído, o que não aconteceu. Também foi ameaçado pelos autores para assinar o recibo de venda do automóvel, caso contrário haveria consequências contra ele e seus familiares.

Com medo, o idoso aceitou assinar um recibo em branco para que os roubadores pudessem realizar a transferência do carro, simulando que teria ocorrido uma transferência lícita. Após diligências, os policiais conseguiram recuperar o veículo em 28 de agosto e prender em flagrante um dos receptadores.

Posteriormente, um dos autores foi localizado e possui antecedentes criminais por dois homicídios, sendo um consumado e outro em sua forma tentada.

A equipe o localizou escondido em uma residência no bairro João Paulo II. No momento da abordagem, ele estava tentando se evadir do local para evitar a captura.

No dia seguinte, 10 de outubro, a equipe ainda cumpriu um Mandado de Busca e Apreensão na residência de outro investigado, a fim de identificar a extensão de sua participação no crime. Ao que tudo indica, ele foi uma das pessoas que praticou as extorsões contra a vítima e se beneficiou com a venda do veículo posteriormente.

Saiba Mais