Suspeito de mexer com mulher em bar é espancado por grupo e tem costelas quebradas

Ele foi arrastado para um local ermo e agredido
| 17/07/2022
- 07:03
Caso foi registrado na Depac Cepol
Caso foi registrado na Depac Cepol - Foto: Henrique Arakaki/Midiamax - (Henrique Arakaki

Na noite de sábado (16), homem de 38 anos foi espancado por um grupo de pessoas no Jardim Canguru, em Campo Grande, de mexer com uma mulher, em um bar. Inicialmente, os policiais receberam a informação de que o homem estava sendo acusado de estupro, mas ele negou os fatos.

Quando os militares chegaram na rua indicada, encontraram o homem no chão, sendo atendido pelo Corpo de Bombeiros. A informação era de que ele sofreu fraturas nas costelas e nas pernas, sendo encaminhado para a de Campo Grande.

A vítima de agressões disse que estava em um bar quando vários homens o acusaram de estar ‘mexendo’ com uma mulher que frequentava o local. Então, os suspeitos teriam arrastado o cliente para um local ermo e o agrediram com barras de ferro.

O homem foi abandonado em um endereço, onde testemunhas o encontraram. Ninguém soube informar o tipo de veículo que deixou a vítima no local. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa na Dhttps://www.pc.ms.gov.br/delegacias-da-capital/depac-piratininga/epac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

Veja também

Houve briga de grupo que não estava na festa em frente ao local da comemoração

Últimas notícias