Um ex-policial e servidor comissionado da Prefeitura Municipal de Costa Rica foi preso após agredir a esposa e um vizinho que tentou ajudar a vítima. A aconteceu na noite deste domingo (18).

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima contou que vive com o suspeito há 15 anos e ambos têm um filho. Ela alega que já havia sido agredida em outras ocasiões, também destacou que a chegou a presenciar as brigas, mas a vítima tinha medo de denunciar devido às ameaças do marido.

Ainda conforme o registro policial, neste domingo o casal havia ido a um almoço de família, quando o suspeito ingeriu bebida alcoólica todo o dia. A mãe da criança deixou o filho dormir na casa de uma tia.

Quando os parentes foram embora, o suspeito ficou alterado e começou a quebrar os móveis da casa pelo fato do menino ter ido dormir fora de casa. Uma filha do suposto autor estava no imóvel e pediu para o pai parar, mas foi xingada pelo genitor.

Quando o suspeito foi agredir a filha, a vítima tentou defender a enteada e foi agredida pelo marido. A mulher e a menina tentaram fugir da residência, mas foram alcançadas pelo suposto autor que agrediu a esposa no meio da rua.

O filho de um vizinho que chegava de outra cidade para visitar o pai presenciou a agressão e pediu para o suspeito parar, mas o homem não deu ouvidos e continuou agredindo a mulher.

O criminoso agrediu a vítima com tapas e também batia a cabeça da esposa no chão. O vizinho não aguentou ver a mulher ser agredida e entrou em luta corporal com o suspeito. Por acaso, uma viatura da passava pelo local e conseguiu prender o agressor.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil e a vítima precisou receber atendimento médico. O caso segue sendo investigado.