Presos serraram grades da cela e aproveitaram neblina para fugir da Máxima

Um conseguiu fugir e dois foram capturados
| 04/06/2022
- 09:57
Presos serraram grades da cela e aproveitaram neblina para fugir da Máxima
Neblina no momento da fuga - Divulgação, Agepen

A fuga de três detentos do Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, o Presídio de Segurança Máxima, aconteceu em horário de muita neblina em Campo Grande. Dois internos foram capturados e um, Ermerson Siqueira da Silva, de 35 anos, conseguiu fugir.

Segundo detalhes repassados pela Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), os três detentos – Ermerson, Agapto Cesar Machado Esquivel e Carlos Wellington Avelar dos – serraram as grades da cela 121, do Pavilhão 2.

Assim, os presos fugiram pela muralha e os policiais penais ainda conseguiram perceber pelas câmeras de monitoramento a tentativa de . O alarme foi acionado e Agapto e Carlos foram capturados. Os dois tinham ferimentos da tentativa de fuga.

Presos fugiram nesta madrugada
Ermerson conseguiu fugir - Divulgação, Agepen

Já Ermerson conseguiu fugir e não foi identificado o caminho que ele seguiu. O caso segue em apuração e equipes seguem em buscas pelo detento. Ermerson cumpre pena por um homicídio cometido em outro estado e também é réu por roubo e cárcere privado cometido em julho de 2021.

Na ocasião, moradores em uma propriedade rural de Jaraguari foram rendidos e tiveram caminhão, camionete e equipamento roubados. Além de Ermerson, outras 5 pessoas também participaram do assalto.

Veja também

Uma mulher de 38 anos, funcionária de uma boate localizada na região central de Campo...

Últimas notícias