Mulher é agredida e ameaçada pelo irmão: 'Fique quietinha para morrer'

A mulher apresentava ferimento na cabeça, escoriações nas pernas, hematomas nas costas e nos braços
| 06/06/2022
- 15:00
Delegacia de Sidrolândia
Delegacia de Sidrolândia - (Foto: SN)

Uma mulher de 48 anos foi agredida e ameaçada pelo próprio irmão de 51 anos. A vítima procurou a Polícia Militar de Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande, para registrar a ocorrência.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima e o autor estariam morando na mesma residência há cerca de três meses, no bairro São Bento. Segundo a vítima, o irmão chegou em casa embriagado e sob efeito de drogas e a atacou, arrancando uma corrente de ouro de seu pescoço e desferindo um soco em sua cabeça e ainda a ameaçou dizendo: "Fique quietinha para morrer".

Em depoimento na polícia, a vítima relatou que as agressões são constantes, e, que não suporta mais a situação. A vítima chegou na delegacia com alguns ferimentos na cabeça, onde há um inchaço, escoriações nas pernas, hematomas nas costas e nos braços.

Com isso, o suspeito foi em e está à disposição do poder judiciário. Caso foi registrado como dano e lesão corporal dolosa.

Veja também

Corpo da vítima estava totalmente carbonizado

Últimas notícias