Mulher teria premeditado assassinato do marido em MS com o amante, diz polícia

Borracheiro foi assassinado enquanto dormia no sofá e teve corpo jogado em uma valeta
| 15/02/2022
- 15:28
Mulher teria premeditado assassinato do marido em MS com o amante, diz polícia
Douglas foi assassinado a facadas - Reprodução/Redes sociais

Mayra de Lima Luna, de 22 anos, teria premeditado o assassinato do marido Douglas Novaes Rocha, de 27 anos, em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande. Ela acabou presa na manhã desta terça-feira (15). 

Segundo informações passadas pelo delegado do SIG (Setor de Investigações Gerais), Erasmo Cubas, ao em coletiva nesta terça (15), o crime já estaria sendo planejado há pelo menos 15 dias por Mayra.

Ainda de acordo com o delegado, Mayra tentou desfazer a cena do crime arrumando o local onde Douglas foi assassinado, a sala de sua casa. O borracheiro estava dormindo no sofá quando foi morto a facadas. Logo após o crime, o corpo da vítima foi arrastado e jogado em uma valeta.

Erasmo ainda disse que durante as investigações foi descoberto que Mayra tinha um amante e que ele teria ajudado ela no assassinato. Ainda existe a possibilidade de uma terceira pessoa ter ajudado a desovar o corpo do borracheiro. 

Uma mancha de sangue encontrada no carro de Mayra entregou a mulher, que mandou lavar o veículo após o crime. 

O crime

Douglas foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (14), em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, em uma lagoa e tinha vários ferimentos feitos a facadas no corpo.

Conforme o registro policial, testemunhas acionaram a polícia após encontrarem o corpo do homem em uma valeta, em uma propriedade rural. Foram identificados ferimentos feitos por faca na garganta, na nuca, também duas facadas na mão esquerda, três no tórax, uma no peito, duas no ombro esquerdo e nas costas. Segundo testemunhas, trabalhadores buscavam barro para a olaria quando passaram pela valeta e encontraram a vítima. 

Veja também

Últimas notícias