Uma mulher de 49 anos procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados para denunciar que ela e o marido foram vítimas de agressão de um motorista de aplicativo. O caso aconteceu na noite desta quarta-feira (2).

A vítima disse na Delegacia de Polícia, que o deslocamento teria somado R$ 15,86, mas que na hora de cobrar, o motorista pediu R$ 30,00. Após chegarem a um acordo, o casal concordou em pagar R$ 25,96 e passou um PIX.

Entretanto, o motorista saiu jogando o veículo para cima do marido. A mulher chegou a empurrá-lo para não ser atropelado, mas uma das rodas passou em cima do seu pé direito e ele teve os dedos fraturados.