Motorista bêbada é presa em flagrante após causar engavetamento em avenida de Campo Grande

Suspeita fez o teste do etilômetro e o resultado foi de 0,61mg/L de álcool no sangue, valor muito superior ao que é permitido por lei. 
| 22/05/2022
- 09:00
Motorista bêbada é presa em flagrante após causar engavetamento em avenida de Campo Grande
Caso foi registrado na Depac Centro. (Foto: Henrique Arakaki/Jornal Midiamax)

Uma mulher de 44 anos foi presa em em flagrante após causar engavetamento na avenida Eduardo Elias Zahran, em Campo Grande, na madrugada deste domingo (22). Segundo a polícia, ela estava bêbada e dirigia uma , colidindo na traseira de um parado na via, aguardando a abertura do semáforo. Com o impacto, outros dois carros na frente também foram atingidos. 

Conforme o boletim de ocorrência, a suspeita estava no semáforo, na bifurcação da avenida com a rua Spipe Calarge, quando causou o acidente. Ela primeiro colidiu na traseira de um carro Fiat Argo e este foi projetado para a frente, colidindo na traseira de um Chevrolet Classic. Este, por sua vez, também parado e aguardando a abertura do semáforo, colidiu em um Ford/Ecosport. 

Os condutores envolvidos foram convidados a realizar o teste do etilômetro e todos foram negados. Já a condutora da caminhonete se negou a fazer o teste, porém, conforme a polícia, estava em “visível estado de embriaguez, além do odor etílico, fala pastosa, desordem nas vestes, dificuldade de equilíbrio e olhos vermelhos”. 

Foi feito o termo de constatação e ela recebeu voz de prisão, sendo encaminhada para Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). Lá, a suspeita foi convidada a fazer novamente o teste e o resultado foi de 0,61mg/L de álcool no sangue, valor muito superior ao que é permitido por lei. 

O caso foi registrado como dirigir veículo sob influência de álcool. A pena varia de 6 meses a 3 anos, além da multa.

Veja também

Polícia alega que Vitor teria atirado contra helicóptero da Casa Militar

Últimas notícias