Médicos começam a retirar sedação de prefeito vítima de atentado na fronteira

| 19/05/2022
- 21:41
Médicos começam a retirar sedação de prefeito vítima de atentado na fronteira
Ainda de acordo com o médico, após avaliação, nesta sexta-feira (10) será realizado exame de angiotomografia (Reprodução/Prefeitura de PJC)

Os médicos começam a retirar a sedação do prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo, de 53 anos, que sofreu um atentado a tiros em frente a prefeitura da cidade, na última terça-feira (17). Em coletiva no final da tarde desta quinta-feira (19), o médico David Peña disse que a principal preocupação agora é em relação ao cérebro de Acevedo. Devido a um inchaço, então foi instalado um cateter na região cerebral.

Já os outros órgãos também estão instáveis, já que possuem momentos de melhora e piora. Ainda de acordo com o médico, após avaliação, nesta sexta-feira (10) será realizado exame de angiotomografia, que diagnostica problemas em todo o sistema circulatório. A retirada da sedação, é principalmente para ver a reação que o prefeito terá.

Atentado

Vídeo mostra o momento em que os pistoleiros chegam em um carro durante o atentado contra o prefeito da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo, 53, em frente à prefeitura da cidade, nesta terça. Acevedo conversava com um jornalista, momento em que os autores chegam em um carro branco.

Um dos autores desce pela porta do passageiro ao lado do motorista e outro sai pela porta traseira. De acordo com informações, três pessoas estavam no veículo. Os dois então saem do , momento em que ocorre o atentado a tiros.

Veja também

Últimas notícias