Homem que fingia ser policial civil para cometer crimes é preso em edifício de luxo em Campo Grande

Ele teria cometido roubo se passando por policial
| 11/05/2022
- 16:21
Homem que fingia ser policial civil para cometer crimes é preso em edifício de luxo em Campo Grande
Caso é investigado pela Delegacia de São Gabriel do Oeste (Divulgação)

Foi preso em um edifício de luxo de Campo Grande um de 33 anos, acusado de se passar por policial civil para praticar crimes em São Gabriel do Oeste, cidade distante 133 quilômetros. Em um dos crimes, ele teria torturado uma pessoa para roubar um celular.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi identificado pela Delegacia de São Gabriel do Oeste. Em fevereiro deste ano, ele e um comparsa, utilizando máscaras e usando roupas pretas e inclusive distintivos semelhantes ao de policiais civis, abordaram um morador naquele município.

Alegando que eram policiais, eles disseram que receberam uma denúncia de posse ilegal de arma de fogo. Assim, os suspeitos que estavam armados torturaram a vítima e roubaram o celular. Um dos acusados, morador em Campo Grande, acabou identificado.

O delegado representou pela prisão preventiva do acusado, que foi decretada pelo Judiciário. Com apoio da Derf (Delegacia Especializada de Repressão aos crimes de Roubos e Furtos), o foi preso em um edifício de luxo na Capital.

Interrogado, ele permaneceu em silêncio. O acusado foi indiciado por tortura, porte ilegal de arma de fogo, falsa identidade e roubo. A polícia ainda investiga o segundo envolvido nos crimes.

Veja também

Bandidos teriam ainda feito a mulher gravar um vídeo pedindo socorro e enviaram para a filha na intenção de conseguir mais dinheiro

Últimas notícias