Homem morre três dias após ser esfaqueado ao tentar separar briga em bar

Após confirmação da morte, um familiar da vítima tentou matar suspeito no final da tarde desse domingo
| 27/06/2022
- 15:22
Homem morre três dias após ser esfaqueado ao tentar separar briga em bar
(Foto: Reprodução/ O Correio News)

Ricardo da Silva, de 37 anos, morreu nesse domingo (26), três dias após ser esfaqueado ao tentar separar uma briga em um bar, em Chapadão do Sul, a 331 quilômetros de Campo Grande. A confusão envolvendo a vítima conhecida na cidade como “Maguila”, ocorreu por volta das 00h30min.

Segundo o site O Correio News, “Maguila” foi encontrado por policiais militares desacordado, próximo ao Hospital Municipal, perto de uma bicicleta, e apresentava um grande sangramento. Os policiais correram ao hospital e buscaram uma cadeira de roda para levar a vítima para atendimento.

Ricardo foi atendido e a médica disse que ele tinha seis perfurações de arma branca na região lombar. A vítima recebeu os primeiros atendimentos e, em seguida, foi encaminhada para Campo Grande, em estado gravíssimo, onde acabou vindo a óbito na manhã desse domingo (26).

Ainda conforme o site, os policias militares foram até o local onde “Maguila” teria sido esfaqueado. Chegando a um bar localizado no bairro Esperança, o proprietário disse que no local houve um desentendimento entre alguns clientes e a vítima tentou separar a confusão, momento em que foram desferidos os golpes de faca por um dos envolvidos na briga. Ele não soube precisar quem seria o autor.

Essa é a segunda pessoa assassinada em menos de uma semana no município. Na quinta-feira (23), um homem foi encontrado degolado na Rua P25 com a P22, no Bairro Planalto.

Vingança

Após a confirmação da de Ricardo, um familiar dele tentou matar um homem de 36 anos — que supostamente seria o autor das facadas — no final da tarde desse domingo (26), com vários tiros.

O crime aconteceu em outro bar no bairro Esperança, próximo ao estádio da Serc. O de efetuar os tiros chegou ao local onde estava o suspeito, que ao perceber o autor, saiu correndo, mas foi alcançado pelo homem que disparou sete vezes, atingindo a vítima. O autor dos disparos fugiu do local.

A vítima foi socorrida consciente pelo Corpo de Bombeiros, levada até o hospital municipal e encaminhada para Campo Grande devido ao seu estado de saúde.

Os policiais já têm a identidade do autor dos disparos — ele teria 28 anos e está foragido.

Veja também

Homem dirigiu ferido até a casa de sua filha pedindo por socorro

Últimas notícias