Após ser agredida diversas vezes, uma mulher de 26 anos matou o ex-marido de 27 anos, identificado como Reginaldo Lopes, na noite desse domingo (16), em Japorã, a 477 quilômetros de Campo Grande. Ela tinha medidas protetiva contra ele.

A mulher, que fugiu logo após o crime, resolveu se entregar para a polícia e na delegacia contou que por volta das 20h30 estava a beira da estrada pegando água com um galão quando foi surpreendida por Reginaldo que estava armado com um a .

Os dois começaram a discutir e a mulher conseguiu tomar a faca de Reginaldo. Ele, então, saiu correndo e ela foi atrás quando acertou um  golpe no coração da vítima, que ainda foi socorrida com vida, mas durante o trajeto até o morreu. 

A autora contou que era agredida constantemente por Reginaldo que já tinha, inclusive, colocado fogo na casa dela. Ela ainda revelou que já tinha se separado do autor por causa das agressões, mas que depois o casal reatou se separando novamente. Ela tinha medidas protetivas contra o homem, e já tinha registrado outros boletins de ocorrência contra ele. A mulher alegou legítima defesa para o crime. 

Casa incendiada

No de 2021, a mulher teve a casa incendiada por Reginaldo após uma discussão entre o casal. No dia, ela foi agredida com puxões de cabelo, além de ter uma jarra arremessada contra seu rosto. Segundo a mulher, as agressões ocorreram depois de Reginaldo dizer que ela estava bebendo, o que foi negado pela vítima.

O fogo atingiu as roupas, cama e alguns objetos pessoais da mulher que teve de ir morar com a mãe. Na época, ela pediu por medidas protetivas contra o marido.