‘Eu sou PCC’: preso ameaça matar policiais penais em presídio de segurança máxima

Ele cumpre pena por homicídio
| 14/02/2022
- 22:19
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - (Arquivo, Midiamax)

Nesta segunda-feira (14), detento de 26 anos ameaçou e desacatou policiais penais do Presídio de Segurança Máxima da I, em Campo Grande. Membro do PCC (Primeiro Comando da Capital), ele disse que mataria os agentes.

Conforme o registro policial, os policiais penais faziam o confere dos presos, quando chegaram até a cela onde estava Michel Martins. Ele teria cuspido no rosto de um dos policiais e, questionado sobre, disse “Eu vou matar vocês na rua, seus vermes, eu sou PCC, aqui quem manda é o PCC, espera eu sair daqui que eu mato vocês”.

O preso teria se recusado a fazer o procedimento, dizendo que ‘quebraria’ os policiais. Após o confere, foi chamado o chefe da equipe do plantão e também os agentes que estavam saindo para fazerem uma revista na cela.

Foi solicitado que os internos saíssem, mas Michel se negou. Ele pegou pedras, barras de sabonete e ameaçou novamente os policiais. Ele jogou os objetos que tinha em mãos nos policiais e foi contido, cuspindo novamente nos agentes.

O detento foi levado para a delegacia, autuado por ameaça, resistência, desacato e lesão corporal contra integrantes do Sistema Prisional.

Veja também

Ela está sendo investigada pelo crime de homicídio qualificado ocorrido em 2019

Últimas notícias