Perseguição da PRF (Polícia Rodoviária Federal) na MS-228, em , a 429 quilômetros da Capital, terminou com uma caminhonete tombada e pelo menos duas pessoas foragidas, na madrugada desta sexta-feira (16). Duas das três caminhonetes foram apreendidas, após os motoristas fugirem atravessando o , na fronteira com a .

Segundo informações do boletim de ocorrência, os policiais rodoviários receberam denúncia anônima de que três caminhonetes seriam produto de roubo ou furto e estavam em alta velocidade na MS-228, sentido Nhecolândia – Corumbá. Uma equipe da PRF se deslocou para o Porto da Manga, enquanto a outra foi para o Passo do Lontra, a fim de montar um bloqueio.

Em seguida, os policiais receberam informação de que as caminhonetes haviam atravessado o Rio Paraguai por meio de uma balsa. Os condutores das caminhonetes, então, furaram o bloqueio e jogaram um dos veículos contra a equipe policial.

Os policiais dispararam contra os pneus, acertando a Toyota prata. Dois homens desembarcaram e fugiram para mata, não sendo mais encontrados, levando a chave do veículo. As equipes seguiram para encontrar as outras duas caminhonetes, quando a segunda – uma Toyota Hillux preta – foi encontrada com uma motocicleta BMW na carroceria, tombada em uma curva.

Foi solicitado apoio a outras forças policiais para encontrar a terceira caminhonete, que também estaria com uma motocicleta na carroceria. O caso foi registrado como tentativa de homicídio, devido ao motorista ter tentado atropelar os policiais, e receptação.