Em Campo Grande, pai é investigado por obrigar a filha de 10 anos a pegar covid

Com baixa imunidade, criança chorou ao ser forçada a tirar a máscara e precisou ficar internada
| 10/02/2022
- 15:25
Em Campo Grande, pai é investigado por obrigar a filha de 10 anos a pegar covid
(Ilustrativa)

A Polícia Civil investiga um homem, de 39 anos, suspeito por ‘obrigar’ a filha de 10 anos a pegar Covid-19, em Campo Grande. A mãe da criança procurou a delegacia após a filha ter de ser levada para o após contrair a doença. Esse seria o primeiro caso registrado na Capital.

A mãe da menina contou ao que, no dia 13 de janeiro, a filha pediu para visitar a avó paterna. Quando o pai soube que a filha estava na casa da avó, mesmo doente com Covid, foi até a residência e lá obrigou a filha a abraçá-lo e beijá-lo. 

A criança, que tem baixa imunidade, usava duas máscaras para se proteger, que foram arrancadas do seu rosto pelo homem que ainda teria dito para a menina: “Uma hora vão pegar mesmo, e tem de pegar”.

“Sempre cuidei muito dela porque tem baixa imunidade e qualquer infecção pode ser muito perigoso para ela”, falou a mãe da criança. Todos na casa da menina acabaram doentes. A mulher ainda relatou que após saber que a filha estava doente o homem não respondeu mais mensagens dela.

O caso foi registrado como perigo de contágio de moléstia grave. Esse seria o primeiro caso registrado em Campo Grande. 

Veja também

Os irmãos já tinham sido preso pela PF por tráfico de drogas, em 2009

Últimas notícias