Dupla é presa com carro furtado em SP que seria levado ao Paraguai

| 03/06/2022
- 21:59
Dupla é presa com carro furtado em SP que seria levado ao Paraguai

Policiais militares em Bataguassu, cidade a 313 quilômetros de Campo Grande, prenderam um homem por receptação, adulteração de sinal identificador de veículo e por portar drogas após ele sofrer um acidente de trânsito conduzindo um veículo que havia sido furtado na cidade de Americana no estado de São Paulo.

A polícia foi acionada para um acidente de trânsito na estrada do Uerê onde o condutor de um veículo Onix de cor branca havia colidido contra um barranco. No local os militares se depararam com um indivíduo que inicialmente alegou que estaria transitando a pé pelo referido local em companhia de um amigo e foram surpreendidos com o referido veículo desgovernado conduzido por um homem, ao qual não soube identificar, que ao chocar-se contra o barranco lhe pediu ajuda para removerem o veículo que ficou encalhado.

Após os policiais verificarem os caracteres da placa afixada no veículo constataram que a proprietária era moradora da cidade de Sete Quedas (MS), a quem foi realizado contato via telefone, sendo informados que o veículo correspondente a tal placa encontrava-se estacionado na garagem de sua residência.

Ato contínuo foi checado o dado identificador grafado na estrutura do veículo (chassi), correspondendo ao veículo de mesma característica com registro de furto em 14/04/2022 em Americana - SP registrado na delegacia de daquela cidade.

Indagados sobre os fatos, os indivíduos sustentaram a alegação anterior, no entanto, depois de realizada busca veicular, os policiais encontraram no interior do veículo dois pares de chinelos pertencentes aos homens, uma carteira contendo documentos de um deles, um cigarro de maconha de 5 grama, que segundo a seria para juntos consumirem, e uma nota fiscal com um capô de um veículo GM Onix também em nome de um deles.

Diante dos fatos, um dos indivíduos acabou por confessar que foi contratado por uma pessoa a qual não soube informar o nome, para custodiar o veículo bem como realizar o reparo no capô, por aproximadamente dois dias, e que receberia pelo feito a quantia de R$ 1 mil. Esclareceu ainda que no dia da entrega do veículo deveria deixá-lo nas proximidades da BR-267 saída para Campo Grande para que o contratante o levasse para o Paraguai (PY).

Frente ao relato, o autor foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e lá apresentado à autoridade policial, juntamente com os objetos apreendidos, para providências ulteriores.

Veja também

Últimas notícias