De acordo com a polícia, após denúncias anônimas e diligências investigativas, a equipe do SIG realizou a abordagem de um usuário de entorpecentes, o qual estava com uma pedra de crack e havia saído da residência suspeita e confirmou ter adquirido no local.

A equipe entrou no local e abordou uma mulher de 29 anos, sendo que, na casa, foram localizadas substâncias entorpecentes análogas à cocaína e crack, sendo, respectivamente, 18,76 gramas e 5,21 gramas, bem como balança de precisão e outros apetrechos característico de tráfico de drogas.

A suspeita, que já possuí passagens por tráfico de drogas e está gravida de 24 semanas, alegou ter que praticar o tráfico por falta de condições financeiras.

Diante da situação flagrancial, a suspeita foi presa em flagrante delito, sendo que o Inquérito Policial será finalizado no prazo legal e encaminhado para apreciação do Ministério Público e do Poder Judiciário.

 

Saiba Mais