OAB-MS acompanha caso de advogado suspeito de estuprar filha em Campo Grande

A OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul) afirmou que pedirá informações a polícia sobre o caso de estupro envolvendo um advogado de Campo Grande. O caso está sendo apurado pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente). A vítima seria filha do advogado, uma menina de 10 […]
| 22/06/2020
- 22:41
Sede da OAB/MS
Sede da OAB/MS, em Campo Grande. (Divulgação). - Sede da OAB/MS, em Campo Grande. (Divulgação).

A OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional ) afirmou que pedirá informações a polícia sobre o caso de estupro envolvendo um advogado de Campo Grande. O caso está sendo apurado pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente). A vítima seria filha do advogado, uma menina de 10 anos.

“A OAB/MS solicitará informações das autoridades competentes para adoção de medidas necessárias, sempre observando os princípios do contraditório e da ampla defesa e reafirma o compromisso no combate a todo tipo de violência, seja ela de qualquer aspecto”, afirmou em nota.

A investigação está em andamento na Depca e a vítima já teria passado por escuta especializada. De acordo com a ocorrência registrada, a criança relatou ter sido tocada pelo pai no bumbum e nos seios durante visita por ‘várias vezes ao dia’. A vítima ainda confirmou que seria abusada desde antes da separação do casal, que ocorreu há cerca de um ano.

A mãe contou na delegacia de polícia que nunca suspeitou do e, após a filha contar sobre o crime, registrou um boletim de ocorrência no dia 17 deste mês. Depois do registro, ela teve que procurar a delegacia novamente já que passou a ser ameaçada pelo filho do casamento anterior de seu ex-marido.

 

 

Veja também

A Prefeitura de Campo Grande retoma as obras de recapeamento na Rua Rui Rui Barbosa,...

Últimas notícias