Mulher avisa amiga sobre ameaça de morte do marido e é encontrada desacordada em casa

Na noite de quinta-feira (25), mulher de 36 anos foi encontrada desacordada em casa, na Vila Albuquerque, após ser agredida pelo marido, de 35 anos, e a sogra, de 61 anos. Ela chegou a mandar uma mensagem para a amiga, que é esposa de um policial militar, e contou que estava sofrendo ameaças de morte. […]
| 26/06/2020
- 10:24
Mulher avisa amiga sobre ameaça de morte do marido e é encontrada desacordada em casa
Imagem ilustrativa - Imagem ilustrativa

Na noite de quinta-feira (25), mulher de 36 anos foi encontrada desacordada em casa, na Vila Albuquerque, após ser agredida pelo marido, de 35 anos, e a sogra, de 61 anos. Ela chegou a mandar uma mensagem para a amiga, que é esposa de um policial militar, e contou que estava sofrendo ameaças de morte.

Segundo o registro policial, a vítima mandou mensagem para a amiga pelo WhatsApp e a testemunha avisou o marido. Assim, a foi acionada e foi até a casa da vítima, onde a mulher foi encontrada desacordada e com vários hematomas. Então ela foi levada pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até o posto de saúde.

Quando a vítima recuperou consciência, ainda atordoada, disse aos policiais que foi agredida pelo marido e pela sogra. Ela ainda afirmou que foi agredida porque o homem não aceita o processo de separação. Aos policiais, o suspeito chegou a dizer que a mãe dele só agrediu a vítima porque ela teria destratado o filho do casal, de 6 anos.

No entanto, a mulher contou que a sogra comprou a briga do filho e por isso a agrediu. O homem foi preso em flagrante e responderá por lesão corporal dolosa, quando há intenção, e ameaça, qualificadas por .

Veja também

Vítima é moradora em Yby Yaú, cidade do Departamento de Concepción, nas proximidades de MS

Últimas notícias