Mesmo com o avanço do coronavírus em Campo Grande, que já registra mais de 11 mil casos e mais de 136 mortes pela doença, agentes da guarda municipal continuam flagrando pessoas nas ruas da cidade, após om toque de recolher imposto pela Prefeitura.

Na noite de quinta-feira (9) e madrugada desta sexta-feira (10), os agentes flagraram nas sete regiões da Capital aproximadamente 150 pessoas nas ruas, que foram orientadas a voltarem para suas casas. Os guardas ainda flagraram 101 estabelecimentos comerciais abertos.

Destes 101 estabelecimentos fiscalizados, a Semadur acabou notificando sete comércios. Participaram da ação cerca de 42 agentes da guarda, que receberam no disque denúncia 194 ligações da quebra de quarentena.

O toque de recolher passou a ser a partir das 20 horas até as 5 horas do dia seguinte e vai até o dia 19 de julho.

Campo Grande está no topo da lista dos municípios do Estado com maior número de casos de coronavírus, seguido por Dourados e Corumbá. Mato Grosso do Sul já tem registrados mais de 11 mil casos da doença.