Foi preso na noite desta quarta-feira (26), em Campo Grande, um motorista bêbado de 34 anos, que acabou batendo em uma árvore, no bairro Jardim Aero Rancho. Ele ameaçou os policiais afirmando que entregaria o nome dos militares a membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

O acidente aconteceu por volta das 22h15 quando uma moradora chamou a polícia dizendo que um motorista embriagado havia batido seu veículo Volkswagen Gol, contra uma árvore em frente à sua casa. Quando os policiais chegaram, o motorista passou a desacatar os militares desferindo palavras de baixo calão.

Em seguida disse ser parente de advogados do Governo do Estado e que eles seriam demitidos. Logo depois, o homem afirmou que entregaria os nomes dos militares a membros do PCC. Ele ainda tentou fugir e foi contido pelos policiais, sendo levado para a delegacia.