Filha reconhece motorista que morreu carbonizado na BR-163

Colidiu frontalmente com um caminhão
| 03/04/2017
- 16:20
Filha reconhece motorista que morreu carbonizado na BR-163

Colidiu frontalmente com um caminhão

Foi reconhecido como Valdenir Alves Miranda, o ‘Zé Branco’, o motorista que morreu carbonizado em um acidente na noite de quinta-feira (30). A colisão entre o carro da vítima e um caminhão aconteceu na Rodovia BR-163.

Conforme as informações registradas em boletim de ocorrência pela equipe da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, Valdenir conduzia o Fox com os faróis apagados. O relato foi feito pelo condutor do caminhão, que afirmou ainda que o veículo de passeio invadiu a pista contrária.

Na colisão frontal, houve combustão e o condutor do caminhão ainda conseguiu sair do veículo. O motorista do Fox, no entanto, morreu carbonizado no local. O veículo de carga transportava embalagens de papelão, o que teria facilitado a rapidez do incêndio.

Logo após o acidente, a equipe policial conseguiu localizar a proprietária do Fox e ela relatou ter vendido para Valdenir há pouco tempo, sendo que ele ainda não tinha transferido o carro para o nome dele. Os policiais tentaram contato com a família, mas não conseguiram, então algum tempo depois a filha do motorista procurou a delegacia e reconheceu a vítima.

O corpo de Valdenir foi levado ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) e o caso pode ser tratado como acidente com vítima fatal, provocado pela própria vítima.

Veja também

Últimas notícias