Traficante que abastecia classe média alta de Campo Grande é preso em flagrante

O delegado disse que o traficante fornecia drogas para pessoas de bom poder aquisitivo da Capital
| 31/03/2015
- 17:03
Traficante que abastecia classe média alta de Campo Grande é preso em flagrante

O delegado disse que o fornecia drogas para pessoas de bom poder aquisitivo da Capital

O traficante Edimir de Freitas Júnior, de 28 anos, que vendia drogas para a classe média alta de Campo Grande foi preso em flagrante no Bairro Guanandi, região sul da cidade. A prisão aconteceu no sábado (28), na Rua Manoel da Costa Lima.

A polícia realizava rondas no local quando flagrou o traficante em um Fiat Uno azul em atitude suspeita. Em vistoria no carro, foi encontrada cocaína escondida em uma meia. Ele confessou que comercializava drogas e disse que na casa dele havia mais entorpecente.

Os policiais se deslocaram à residência no Bairro Parati, região sul de Campo Grande, e localizaram mais 30 gramas de cocaína bruta e cápsulas prontas para comercialização. Foram apreendidas 665 cápsulas, algumas cheias e outras vazias para serem preenchidas e mais R$ 150 em espécie.

Segundo o delegado da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), João Paulo Sartori, Edimir vendia cada cápsula entre R$ 30 e R$ 50. O delegado ainda afirmou que o traficante abastecia a classe média alta da Capital.

No celular dele a polícia encontrou no aplicativo WhatsApp mais de 100 contatos com mensagem de compra e venda de drogas. Edimir foi apresentado na manhã desta terça-feira (31) na sede da Denar em Campo Grande.

Veja também

Últimas notícias