Suspeito de matar filho de secretário de obras permanece na UTI da Santa Casa

Homem tentou se suicidar com tiro na cabeça após homicídio
| 11/05/2015
- 21:19
Suspeito de matar filho de secretário de obras permanece na UTI da Santa Casa

Homem tentou se suicidar com tiro na cabeça após homicídio

Antônio Carlos Tenório Marques, de 32 anos, permanece internado na Santa Casa de Campo Grande. Ele é suspeito de matar Eder Antônio Garcete, de 32 anos, filho do secretário de obras de Nioaque, cidade a 187 quilômetros de Campo Grande. O crime aconteceu na última sexta-feira (9). Após o homicídio, Antônio Carlos disparou um contra a própria cabeça.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, Antônio Carlos permanece em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa e ainda corre risco de morte.

Crime

A Polícia Militar foi acionada para ir até o local e encontrou a vítima e o autor dos disparos com tiros na cabeça. Foi constatado que o agressor ainda estava vivo. Ele foi socorrido e encaminhado para Santa Casa de Campo Grande. 

Conforme a PM, após o homicídio, Antônio Carlos atirou contra a própria cabeça. A suspeita da polícia é de que o crime tenha motivação passional.

Veja também

Plano foi descoberto e desencadeou operação da PF que prendeu advogada de MS

Últimas notícias