Sindicato diz que há dois mortos em tentativa de fuga na Máxima

PM foi acionada para conter princípio de rebelião
| 08/05/2015
- 16:45
Sindicato diz que há dois mortos em tentativa de fuga na Máxima

PM foi acionada para conter princípio de

Informações repassadas para a equipe do Jornal Midiamax é de que o princípio de rebelião ocorreu por conta de tentativa de fuga que foi frustrada. Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas e duas morreram, de acordo com o Sinsap/MS (Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciária de Mato Grosso do Sul). O fato ocorreu por volta das 9 horas desta sexta-feira (8) no EPSM (Estabelecimento Penal de Segurança Máxima), no Bairro Noroeste, região leste de Campo Grande.

A informação é de que um detento tentou fugir, porém foi visto pela guarda. Como ele não respeitou a ordem de parada, um tiro foi disparado e o preso foi ferido. A notícia chegou até os demais presos, que se rebelaram.

Com isso foram chamadas equipes da PM (Polícia Militar), do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). O nome das vítimas não foram divulgados.

A equipe de reportagem teve a informação de que o princípio de motim na penitenciária já foi contido. Além disso, há possibilidade de a unidade passar por pente-fino por conta dos ânimos e da proximidade do Dia das Mães, ocasião que o número de visitante chega a triplicar.

O fato ocorreu a poucos dias do Dia das Mães, data que o policiamento começa a ser reforçado no complexo penitenciário. A última rebelião ocorrida nesta época foi em 2006, onde um detento foi decapitado.

* o título desta reportagem foi editado às 10h40 de forma a evitar que informações iniciais equivocadas, repassadas por fonte citada no conteúdo em questão, permitissem eventual entendimento errôneo sobre o fato.

Veja também

Dinheiro foi transferido para estelionatários via PIX

Últimas notícias