Se sentindo desvalorizado, Daniel Alves diz: “agora, está descartado seguir no Barcelona”

Lateral-direito diz que seu futuro ainda é desconhecido, mas detonou o clube e se disse desrespeitado 
| 25/05/2015
- 17:14
Se sentindo desvalorizado, Daniel Alves diz: “agora, está descartado seguir no Barcelona”

Lateral-direito diz que seu futuro ainda é desconhecido, mas detonou o clube e se disse desrespeitado 

A novela sobre a renovação ou não de Daniel Alves com o Barcelona ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira. Em entrevista coletiva, o lateral-direito não anunciou se vai renovar com o Barça ou se deixará o clube ao fim de seu contrato, em junho. O suspense ficou no ar, com o brasileiro dizendo que seu futuro ainda é uma incógnita. No entanto, ele afirmou que “agora está descartado seguir no Barcelona”.

“É uma incógnita. Ainda tenho contrato com o Barcelona e não quero falar do meu futuro. Meu futuro é agora, passa por viver e desfrutar o que conseguimos e não quero pensar em mais nada que não sejam as finais que temos pela frente em respeito a todos que me apreciam. Só estou pensando em ser campeão”, disse.

“Tenho algumas opções que estou estudando, mas só tomarei uma decisão depois da final da Champions League. Aí sim, tratarei de informar o que vou fazer. Nestes últimos anos tenho escutado muitas besteiras, muitas especulações, por isso saio falando, porque me faltaram com respeito. Minha intenção era não falar, tenho que falar no campo, mas cada um põe a interpretação que quiser e também a interpretação que quiser em seus veículos, nessa bobagem que um tem que aguentar. Meu limite chegou e então tenho que sair e me defender das coisas que dizem”, completou.

Daniel Alves também se mostrou muito irritado. O brasileiro não teve pudor algum em detonar o Barcelona e se disse desrespeitado e desvalorizado.

“Fui desrespeitado! Estou 200% com o time, e menos de 10% com o clube. Não vou nem comparar as ofertas que recebi com a que o Barcelona fez, porque o time que me deu tanta alegria perderia de goleada. Não tenho a sensação de que o clube me dá o valor que eu mereço”, disparou.

“Há seis meses, não queriam renovar, daí veio a punição da Fifa e ficaram loucos para renovar. “Estão dizendo que eu só estou pensando em dinheiro, e eu não estou pensando nisso, só quero que valorizem o que eu faço, se não me valorizam, é porque não sirvo para o clube”, reclamou.

O lateral, porém, garantiu que vai dar seu máximo nas duas finais que os Blaugranas têm pela frente, contra o Athletic Bilbao, neste sábado (30), pela Copa do Rei, e contra a Juventus, dia 6 de junho, pela Uefa Champions League.

“Eu penso que ainda tenho muitas coisas lindas para viver com o clube. Tenho contrato até o dia 30 de junho e, pela gente que me quer e que me aprecia, e por tudo que envolve o Barcelona e pelo respeito a eles, penso em desfrutar essas duas finais e fazer o melhor que possa. Sempre que vestir essa camisa vou lutar muito. Até o dia 7 sou jogador do Barcelona, só penso nisso e em desfrutar desse sabor de ser campeão. Tenho essa vontade e quero fazer história no clube. A partir daí, comunicarei minha decisão”, garantiu.

De acordo com a imprensa espanhola, o clube catalão ofereceu um novo vínculo de dois anos para o lateral, mas com um valor bem abaixo dos R$ 30 milhões por temporada oferecidos pelo Paris Saint-Germain. No entanto, Daniel Alves afirmou que não irá para o clube francês. “O PSG não está entre as opções”.

Histórico

Em sete temporadas com o Barça, o brasileiro conquistou duas vezes a Champions League, cinco vezes o Campeonato Espanhol, duas vezes a Copa do Rei, outras duas a Supercopa da Europa, quatro vezes a Supercopa da Espanha e duas vezes o Mundial de Clubes.

 

Veja também

A Prefeitura de Campo Grande retoma as obras de recapeamento na Rua Rui Rui Barbosa,...

Últimas notícias