Mãe de jovem abusada por pedreiro entrou em depressão após ver imagens

A partir de uma gravação de celular que o caso foi descoberto
| 10/05/2015
- 05:37
Mãe de jovem abusada por pedreiro entrou em depressão após ver imagens

A partir de uma gravação de celular que o caso foi descoberto

A mãe da jovem de 23 anos, que foi estuprada por um pedreiro de 71 anos, entrou em depressão após ver as imagens onde o autor abusa da filha, que tem a mentalidade de uma criança de 11 anos. O caso veio à tona depois que um menino de 11 anos desconfiou da atitude do homem e deixou o celular escondido para gravar o encontro.

De acordo com a delegada Rosely Aparecida Molina, da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), no vídeo o homem, passa a mão jovem, levanta o vestido dela e se esfrega.

Ainda segundo a delegada, o menino que gravou as imagens já havia flagrado o suspeito mantendo relação sexual com a jovem. Até ser preso, nesta sexta-feira (8), o pedreiro não tinha passagem pela polícia.

Caso

A mãe da jovem, relatou à Polícia Civil que, conhece o idoso há alguns anos e por isso o contratou para fazer alguns trabalhos no imóvel dela. Esta era segunda vez que foi contratado, o homem apareceu na residência um dia antes do combinado, ocasião que a jovem estava sozinha com o neto da vizinha dela, de 11 anos.

Eles assistiam televisão quando o pedreiro chegou ao local e mandou o garoto ‘ir brincar na rua’. Sem que o autor visse, a criança deixou o celular gravando na sala.

Depois de um tempo o menino resolve retornar ao imóvel e viu a gravação. Ele mostrou a filmagem para uma professora, que avisou a direção da escola e contou para a mãe da jovem.

Veja também

No dia 9 deste mês foram cumpridos mandados na Prefeitura e CPUs foram apreendidos

Últimas notícias