Estelionatário tenta aplicar golpe do ‘falso médico’ em hospital da Capital

O caso foi registrado como estelionato na forma tentada
| 27/05/2015
- 02:22
Estelionatário tenta aplicar golpe do ‘falso médico’ em hospital da Capital

O caso foi registrado como estelionato na forma tentada

Responsáveis pela Santa Casa de Campo Grande procuraram a delegacia para fazer um boletim de ocorrência de estelionato contra um golpista que se passou por um médico da central de regulação do Estado que tentou aplicar golpes em familiares de pacientes, na tarde desta terça-feira (26).

De acordo com funcionários, o estelionatário ligou no hospital, se passou por médico da central de regulação e pediu para falar com o enfermeiro da UTI.  Ao funcionário, o autor pediu a relação dos pacientes internados e o nome do médico de plantão, a qual lhe foi informado.

O golpista também pediu os nomes e informações dos familiares de pacientes e, neste momento a funcionária pediu para que o suposto médico entrasse em contato no núcleo interno de regulação do hospital.

O autor então ligou no local e se identificou novamente como médico da central de regulação, e novamente pediu informações sobre familiares dos pacientes. Quando eram repassadas algumas informações, a enfermeira que conversava com o golpista desconfiou e chamou a chefe de plantão, momento em que o estelionatário desligou o telefone.

Um familiar de um paciente chegou a informar que recebeu ligações de um indivíduo que solicitou a quantia de R$ 1,5 mil para um exame de tomografia de urgência. A pessoa foi orientada a registrar um boletim de ocorrência. O caso foi registrado como estelionato na forma tentada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), Centro.

Veja também

A PMA (Polícia Militar Ambiental) do Grupamento do Parque do Ivinhema surpreendeu pescador pescando com...

Últimas notícias