Justiça da França proíbe manifestação anti-Islã em Paris

Polícia já tinha pedido a proibição por considerar o ato islamofóbico
| 17/01/2015
- 20:02
Divulgação

Polícia já tinha pedido a proibição por considerar o ato islamofóbico

A Justiça da França proibiu neste sábado, a pedido da polícia, uma manifestação para tirar os muçulmanos do país por considerá-la islamofóbica, segundo a sentença do tribunal.

A manifestação, prevista para domingo, foi convocada por grupos conhecidos como Resistência Republicana e Resposta Laica.

A polícia de  proibiu inicialmente esta concentração porque “não tem por objetivo pedir a condenação dos recentes atos terroristas, mas se inscreve claramente em uma lógica islamofóbica”.

O tribunal expressou seu temor de que ocorram “confrontos com as pessoas que tornaram pública sua intenção de se opor” à manifestação.

As forças de ordem, mobilizadas de forma generalizada no território francês devido ao nível de alerta, “não podem ser desviadas de seu objetivo prioritário, que é prevenir novos atentados”, segundo a decisão do tribunal administrativo que pôde ser consultada pela AFP.

 

Veja também

Animal teria ingerido grande quantidade do 'mel louco'

Últimas notícias