Curta “O Formoso", produzido no MS, é selecionado para festival em Nova Iorque

Evento ocorrerá dia 22 de fevereiro, em Nova Iorque, com presença honorária do ator Michael Douglas na curadoria.
| 04/02/2022
- 17:19
Curta “O Formoso", produzido no MS, é selecionado para festival em Nova Iorque
Foto: Divulgação

O de Mato Grosso do Sul ganha visibilidade lá na terra do “Tio Sam”, a produção “O Formoso”, nova produção audiovisual do cineasta sul-mato-grossense Roberto Leite, faz parte da seleção de curtas-metragens do 4º Meihodo International Youth Visual Media Festival, em Nova Iorque, uma parceria entre Japão e EUA e esse ano conta com várias produções em diversas categorias, sendo concedidos prêmios em Criptomoeda aos finalistas.

O tema da mostra é a relação do futuro e as inovações tecnológicas. A curadoria contará com a presença honorária do ator Michael Douglas, membro da Academia do Oscar.

Confira o trailer do filme:


O Formoso

Com duração de 13 minutos, o curta-metragem traz a história de uma criança sonhadora que, por alguns instantes, é obrigada a se deparar com a triste realidade de um galo sendo maltratado. Lucas, o menino pardo, franzino, que vive em um bairro marcado pela pobreza e rua de terra, conhece Zé Galo, um homem amargo e cruel, dono de uma rinha de galo. Com um ar de criança que busca conhecer o desconhecido e saciar uma curiosidade, o menino se depara com “O Formoso”, o galo que se rendeu às dores de mais uma batalha, forçado por seu dono, Zé Galo.

Para Leite, “o filme é justamente a proposta do festival, busca trazer à luz um tema que fará parte do nosso futuro, o fim desse tipo de prática, rinhas de galo, onde se predomina não apenas os maus tratos aos animais, como também promove atividades ilícitas entre os praticantes. Sem falar que um festival dessa importância coloca nosso Estado no eixo de distribuição de curtas-metragens”.

“O enredo da nossa produção envolve a leveza de uma criança que percebe a necessidade de manter o cuidado e, por fim, a tortura daquele animal maltratado friamente por homens frios. Lucas vê a oportunidade como uma nova brincadeira, com um novo companheiro livre e feliz. Em contrapartida temos a dureza de Zé Galo, que insiste em seus jogos ilegais e nos maus tratos aos animais”, pontua o diretor-geral, Roberto Leite.

14c8e406 043e 444a a12c 72d61b1f64a9 - Curta “O Formoso", produzido no MS, é selecionado para festival em Nova Iorque
Divulgação 


Para escrever o roteiro, Roberto Leite teve o apoio da cineasta Luciana Bitencourt, com base em pesquisas sobre o tema central. “Logo vieram os desafios das descobertas que envolvem essa violência praticada com os galos e todo negócio que gira em torno das rinhas, como tráfico de drogas e jogo de apostas”, disse o diretor.

Luciana, destaca o desafio de tocar em um tema tão importante. “É proibido em todo território nacional, realizar ou promover ‘brigas de galo’ ou quaisquer outras lutas entre animais da mesma espécie ou espécie diferentes. Entretanto, ainda existem rinhas clandestinas. Nosso filme fala sobre essa atrocidade e a pureza de uma criança que não medirá esforços para salvar o animal. Foi uma honra fazer parte desse projeto e o meu muito obrigada a toda equipe pela dedicação”, disse a diretora e roteirista que também preparou o elenco do filme.

2e6de914 f873 4de6 90f5 509618f1805d - Curta “O Formoso", produzido no MS, é selecionado para festival em Nova Iorque
Divulgação "O Formoso"

 

A produção da obra foi feita com recursos próprios, mostrando a força que o cinema independente tem na cidade. Que por se tratar de um curta-metragem, tem propósito ainda de levar o filme para festivais de cinema e ao eixo de exibição comercial nacional e internacional. “O Formoso” esteve, também, no Crossroads International Film Festival, em Istanbul - Turquia, e no Festival MAD da Federal de Dourados, onde foi premiado como melhor fotografia e melhor ator para Denio Leite.

Créditos do filme:
Roteiro: Luciana Bittencourt e Roberto Leite.

Elenco: Espedito de Montebranco, Denio Leite e Andréa Freire.

Direção de fotografia: Rodrigo Rezende e Thiago Akira.

Direção de produção: Caroline Merlo.

Preparação de elenco infantil: Luciana Bittencourt.

Direção de áudio: Kinho Guedes.

Montagem: Roberto Leite.

Animação: Wiliane Leite.

Trilha Sonora: Otávio Neto.

Produção: Tero Queiroz, Pablo Marques e Renato Zaar.

Tradução: Luã Armando.

Produtora Zion Filmes.

 

 

Veja também

A Mostra começa às 19 horas de terça-feira (21) e entrada será gratuita

Últimas notícias