Após a polêmica envolvendo o Fofão da Carreta da Alegria que se encontra em Campo Grande, na qual uma mãe acusou o personagem de mostrar o dedo para as crianças, pais e frequentadores da atração decidiram compartilhar suas experiências de modo geral.

Com bom-humor, muitos se declararam #TeamFofão e teve até um pai que contou sobre a decepção de sua filha em relação a uma descoberta envolvendo a personagem Chiquinha. Ao saber da frustração da mulher que teria flagrado Fofão mostrando o dedo para a criançada e supostamente se negando a tirar fotos, o pai de uma garotinha deixou seu relato.

“Normal, minha filha ficou decepcionada ao saber que a personagem Chiquinha era homem. Ela falou que viu a barba dele. Faz parte do show”, contou ele, aos risos.

Ao Jornal Midiamax, a Carreta da Alegria confirmou que, debaixo da fantasia da personagem do seriado “Chaves”, há mesmo um homem. Contudo, o rosto não fica à mostra e, por isso, não importa quem está usando as vestimentas, mas sim o fato do boneco estar sendo animado.

Casos como este, no qual um detalhe ou outro como a barba acabam escapando, podem acontecer. Além disso, inúmeras pessoas que passearam na Carreta também quiseram detalhar seus relatos sobre Fofão, afirmando que o mesmo foi atencioso com as crianças.

Carreta da Alegria se posicionou sobre o caso Fofão

Em conversa com o Jornal Midiamax, a direção da Carreta da Alegria disse que considera o caso envolvendo Fofão em Campo Grande como um “fato isolado” e afirma que não houve reclamação da família no momento da situação. Além disso, a equipe destaca que nunca recebeu reclamações formais sobre a empresa, apenas nas redes sociais.

“A atitude do funcionário vai ser apurada e corrigida, mas gostaria que [nós] os responsáveis fossem procurados para falar sobre o assunto de forma amigável, pois prezamos por resolver os problemas”, afirma.

Já sobre reclamações da conduta no trânsito, a Carreta da Alegria alega que “como qualquer carreta, não se dirige como um veículo de passeio. Tem velocidade controlada e é inspecionada para fazer esse tipo de trabalho. Tem leis que regem a carreta”, garante a organização.

A respeito dos personagens que ficam na rua fazendo coreografia, 99% dos clientes vão para vê-los dançar, diz a atração. “O veículo é recreativo e toca músicas da atualidade, mas a equipe tenta filtrar ao máximo as canções, porém, elas podem ser ouvidas em qualquer lugar”, defendem.

Nós da Carreta da Alegria, quando há uma reclamação, procuramos ao máximo sanar os problemas, pois queremos levar alegria para todos, procuramos fazer o nosso melhor. Reforçamos contar com a colaboração de todos para resolver possíveis problemas. Estamos melhorando a cada dia mais o nosso trabalho, nada é perfeito e gostaríamos da colaboração de todos, pois até o presente momento só fomos saber dos problemas em redes sociais”, encerra o posicionamento.

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok.