Sidney Melo pergunta a Reinaldo sobre transparência em gastos com pagamento de dívida

O candidato Sidney Melo (PSOL) questionou Reinaldo Azambuja (PSDB) sobre a melhora na transparência de gastos públicos com pagamento de dívidas e ressaltou o aumento de valores na quitação de débitos em Maracaju, cidade onde o candidato foi prefeito. Reinaldo rebateu a pergunta, dizendo que nenhuma dívida foi contraída durante a sua gestão. “Muito pelo […]
| 19/08/2014
- 06:02
Sidney Melo pergunta a Reinaldo sobre transparência em gastos com pagamento de dívida

O candidato Sidney Melo (PSOL) questionou Reinaldo Azambuja (PSDB) sobre a melhora na transparência de gastos públicos com pagamento de dívidas e ressaltou o aumento de valores na quitação de débitos em Maracaju, cidade onde o candidato foi prefeito.

Reinaldo rebateu a pergunta, dizendo que nenhuma dívida foi contraída durante a sua gestão. “Muito pelo contrário. Negociamos a dívida. Fizeram um empréstimo de 7% de juros ao mês. Brigamos pela negociação e pagamos um juro de 1% ao mês, diminuindo o valor da dívida. Tiramos de 12ª e elevamos para a 5ª economia do Estado, pagamos todos os precatórios, salários, tudo em dia”.

Sidney Melo replicou dizendo que não questionou a falta de pagamento, mas o aumento da dívida pública de Maracaju. “Foi um aumento de quase R$ 15 milhões que dava para construir UPAs e moradias populares. Compensa elevar o ranking do município aumentando os valores em uma negociação?”.

Reinaldo respondeu que a administração é feita com responsabilidade, que não se adquire com calote. “Renegociamos a juros compatíveis e não distorcidos como quando herdamos. A dívida do Estado é corrigida pela taxa selic e juros fixos, praticamente impagáveis. Isso depende de mudança do governo federal”.

Veja também

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães

Últimas notícias