Policiais Militares Ambientais de (MS), em fiscalização neste sábado (30) no Rio Aquidauana localizaram a construção de um rancho pesqueiro em alvenaria, dentro da área de preservação permanente (APP).

O proprietário do local construiu a 40 metros da margem do rio, destruindo as matas ciliares, quando deviam ser preservados 100 metros no local.

O infrator, residente em Aquidauana, foi autuado administrativamente e multado em R$ 5.000,00 pela construção ilegal.

A PMA interditou as atividades e o autuado também responderá por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar pena de detenção, de um a três anos de detenção.