O jovem de 18 anos que teria sido agredido por Kanye West na semana passada, na sala de espera de um quiroprático, pediu uma enorme quantia em dinheiro para resolver o caso sem processo criminal. As informações são do site TMZ.

Segundo o site, fontes ligadas ao rapaz disseram que o advogado dele procurou pelo rapper expressando a vontade de chegar a um acordo civil, mas para isso exigiu milhares de dólares.

O rapaz teria xingado Kim Kardashian, mulher de Kanye, de vagabunda, após ela o repreender por estar ofendendo alguns fotógrafos que estavam atrás do casal.