Após a polícia francesa decidir abrir investigações sobre o acidente de esqui envolvendo Michael Schumacher, no último domingo, o diretor da estação de esqui de Méribel, local do acidente, afirmou que os que se arriscam por aquela área assumem o risco.

“Os que se aventuram por essas áreas, entre duas pistas assumem o seu próprio risco. Os sinais indicam perfeitamente os caminhos habilitados”, afirmou o diretor da estação de Mérible, Oliver Simonin. A informação foi divulgada pelo diário Marca.

A justiça francesa de Albertiville, dos Alpes Franceses, abriu, nesta segunda-feira, uma investigação para apurar as circunstâncias que causaram o acidente envolvendo o ex-piloto Michael Schumacher. Ele esquiava em Saboia, quando bateu a cabeça em uma pedra, foi hospitalizado e se encontra em coma induzido, correndo risco de morte.

A promotoria disse que quer conhecer as causas do acidente e que precisa de vários dias para concluir essa análise.

Os primeiros elementos apontam que o acidente aconteceu às 11h07 do horário local, no domingo, na estação de esqui de Méribel.