Uma mulher de 46 anos denunciou o próprio filho de 19, por ter vendido objetos relacionados ao som automotivo do carro da mãe para comprar crack, na madrugada desta quinta-feira (18), na cidade de Nova Andradina (297 km de Campo Grande).

Consta no boletim de ocorrência que a mãe emprestou o carro ao filho e posteriormente encontrou o veículo na rua Redentor, Centro da cidade. O automóvel estava sem o aparelho de som, caixa, corneta e potência.

O jovem vendeu todas as peças por R$ 100 e comprou cinco pedras de crack que já havia consumido.