O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) decidiu, nesta quarta-feira (16), punir Coritiba e Cruzeiro com partidas com portões fechados quando forem mandantes pelos próximos 30 dias por causa de uma briga envolvendo torcedores dos dois times em partida disputada no último sábado (11) no estádio Durival Britto. Além disso, os times não terão direito à carga de ingressos quando estiverem na condição de visitantes.

Desta forma a Raposa e o Coxa não disputarão mais jogos da atual edição da do com o apoio de seus torcedores.

A decisão foi tomada após o presidente do STJD, José Perdiz de Jesus, deferir parcialmente o pedido feito pela Procuradoria.

Confusão generalizada

No último sábado, o Coritiba derrotou o Cruzeiro por 1 a 0. Porém, o fato mais marcante do confronto foi a confusão generalizada nos minutos finais. Após o atacante Robson marcar o gol do Coxa, torcedores das duas equipes invadiram o gramado e iniciaram uma briga, interrompendo o jogo, que só foi retomado após uma de cerca de 30 minutos.