O presidente da Fifa, Gianni Infantino, anunciou o país-sede da de 2034, nesta terça-feira (31), com 11 anos de antecedência da realização do evento. O país escolhido foi a Arábia Saudita, após a desistência da Austrália.

Acontece que até 2034, duas Copas do Mundo ainda devem acontecer. Inclusive, elas serão eventos com mais de um país-sede, em 2026 e 2030. Apesar da declaração do presidente da Fifa, a Arábia Saudita precisa passar pelo processo de candidatura. O anúncio oficial ocorrerá no início do ano que vem, em congresso da Fifa.

Infantino destacou que as próximas três edições do Mundial ocorrerão em 10 países diferentes, abrangendo cinco continentes. A próxima Copa do Mundo, em 2026, será sediada por Canadá, e Estados Unidos e já terá o novo formato de 48 seleções.

Já o Mundial de 2030 terá jogos em Portugal, Espanha e Marrocos, além de três partidas inaugurais na América do Sul (Argentina, e Paraguai).

Nas palavras de Infantino, o “maior show da terra” será organizado pelo Canadá, México e Estados Unidos em 2026 – na América do Norte. As próximas duas edições da Copa do Mundo serão sediadas na África (Marrocos) e na Europa (Portugal e Espanha) – com três partidas comemorativas disputadas na América do Sul (Argentina, Paraguai e Uruguai) – em 2030 e na Ásia (Arábia Saudita) em 2034.

“Três edições, cinco continentes e 10 países envolvidos nos jogos do torneio – isso faz o futebol verdadeiramente global”, escreveu o manda-chuva da Fifa.

Saiba Mais