Após não conseguirem se classificar para a Copa do Mundo de 2018 e interromperem uma sequência de sete participações consecutivas, os Estados Unidos voltaram em grande estilo ao principal torneio de futebol do planeta.

Com gol de seu principal jogador, o meia-atacante Christian Pulisic, a seleção norte-americana derrotou o Irã por 1 a 0 e conquistou a classificação para as oitavas de final, nesta terça-feira (29).

Os EUA passaram invictos pela fase de grupos. Com uma vitória e dois empates, somaram cinco pontos e ficaram na segunda colocação da chave, atrás apenas da líder Inglaterra, que fez sete. No sábado, iniciarão a disputa dos mata-matas contra a Holanda.

O resultado desta terça-feira premiou o time que buscou o ataque desde o início da partida. Como tinha grandes chances de avançar com um empate, o Irã abdicou de tentar ações ofensivas para ficar apenas marcando e não arriscou sequer uma finalização na etapa inicial.

Depois do intervalo, a situação mudou radicalmente. Os iranianos, aos poucos, foram se soltando e tentando investidas para buscar o empate. Mas os EUA, mesmo sem se recolherem muito na defesa e ainda tentando uns eventuais contragolpes, nem tomaram tantos sustos assim.

Desde os momentos iniciais da partida, os Estados Unidos exploraram bastante os avanços de Sergiño Dest pela direita. E a insistência na mesma jogada foi recompensada aos 38 minutos do primeiro tempo.

Weston McKennie fez um lançamento primoroso para o lateral do Milan, que ajeitou de cabeça para o meio da área. Em velocidade, Christian Pulisic chegou à bola antes do goleiro iraniano e a empurrou para o fundo das redes.

A vitória que classificou os anfitriões da próxima Copa para as oitavas de final interrompeu uma incômoda sequência de resultados ruins do time norte-americano.

Antes do triunfo sobre o Irã, os comandados do técnico Greg Berhalter ficaram cinco jogos consecutivos sem vencer. O último triunfo do US Team havia sido obtido em junho (5 a 0 sobre Granada, pela Liga das Nações da Concacaf).

Classificados para o mata-mata

Com a fase de grupos se encaminhando para o final, o mata-mata já começa a se desenhar. Apenas França, Brasil e Portugal garantiram a vaga antecipada para a próxima fase.

Na terça-feira (29), Holanda e Senegal garantiram seus lugares na competição pelo Grupo A, assim como Inglaterra e EUA dentro do Grupo B. Agora, Holanda enfrenta os EUA, no sábado (3), no início do mata-mata, e Senegal pega a Inglaterra, no domingo (4).