Nico quebra hegemonia de Hamilton e larga na pole na Espanha; Massa é 9º

Ferrari não ameaça e treino vira duelo da Mercedes
| 09/05/2015
- 18:28
Nico quebra hegemonia de Hamilton e larga na pole na Espanha; Massa é 9º

Ferrari não ameaça e treino vira duelo da Mercedes

As equipes aproveitam a pausa de três semanas antes da chamada temporada europeia para desenvolverem novos pacotes na ânsia de dar um salto de qualidade no grid da . Mas o longo período sem corridas não foi suficiente para a Ferrari encontrar um modo de colar de vez na Mercedes, ao menos no treino classificatório para o GP da Espanha, válido pela 5ª etapa de 2015.

Com isso, o que se viu neste sábado no Circuito Internacional de Barcelona-Catalunya foi um duelo particular entre a dupla das Flechas de Prata. E dessa vez, , quem levou a melhor foi Nico Rosberg. O alemão foi o mais veloz com 1m24s681 e quebrou a série de poles consecutivas de Lewis Hamilton, que havia largado na frente em todas as provas anteriores. A TV Globo transmite o GP da Espanha domingo, a partir das 9 horas (horário de Brasília)

A Mercedes não teve concorrência. Após dominar os treinos livres, seus pilotos foram os únicos a baixar da casa de 1m25s na sessão que definiu o grid. Sebastian Vettel, de Ferrari, ficou em terceiro, com 1m25s458, a distantes 0s777 da melhor marca do dia. O tetracampeão dividirá a segunda fila com Valtteri Bottas, da Williams, que assegurou a quarta colocação com 1m25s694.

Felipe Massa, por sua vez, teve que amargar um indigesto nono lugar. O experiente paulista preferiu deixar a pista somente nos minutos finais do Q3 com o objetivo de economizar pneus, mas acabou sendo prejudicado pela piora das condições da pista e saiu com cara de poucos amigos. Definitivamente, não foi um bom dia para os brasileiros. Com a Sauber ficando cada vez mais para trás no pelotão intermediário, Felipe Nasr foi eliminado no Q2 e largará apenas na 15ª colocação.

A surpresa ficou por conta da dupla de novatos da STR, Carlos Sainz Jr. e Max Verstappen. Eles ficaram em quinto e sexto, respectivamente, à frente da Ferrari do veterano Kimi Raikkonen. As RBR de Daniil Kvyat (8º) e de Daniel Ricciardo (10º) completaram o top 10.

Outra expectativa para este sábado era se as McLarens, com pintura nova e atualizações no carro, conseguiriam avançar pela primeira vez à superpole em 2015. Mas apeesar da nítida evolução, Alonso e Button não conseguiram levar o MP4-30 além da 13ª e da 14ª colocações, respectivamente.

Veja também

"Cânticos homofóbicos estavam sendo entoados pela torcida", diz trecho da súmula

Últimas notícias