Semagro divulga pontuação da avaliação curricular de candidatos em processo seletivo

Candidatos podem apresentar recurso até sexta-feira (18)
| 17/02/2022
- 12:57
semagro
(Foto: Divulgação/Governo do Estado)

A Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) divulgou nesta terça-feira (17), no Diário Oficial do Estado, a pontuação na fase 1 e 2 dos candidatos que se inscreveram no concurso público da pasta. Os salários chegam a R$ 5,5 mil.

Conforme a publicação, a relação de nomes pontua a avaliação curricular dos candidatos interessados nos cargos de nutrição, comunicação social, zootecnia, veterinária e agentes rurais, para atuar no quadro temporário da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural.

Os candidatos que desejam apresentar recursos têm até sexta-feira (18) para anexar a interposição, na área candidato, no site www.concursos.ms.gov.br, na aba de formulários de recursos.

Vale lembrar que o candidato que for considerado eliminado em qualquer uma das etapas do Simplificado e que não tiver o respectivo recurso administrativo provido, estará definitivamente excluído do certame.

Clique aqui e confira a lista disponível da página 60 a 120 do Diário Oficial.

Vagas

Conforme o edital 1/2022, as mais de 30 vagas são para vários municípios de Mato Grosso do Sul. São três vagas para veterinários, com carga horária de 40 horas semanais, oito horas por dia, para atuar em unidades de Campo Grande, Itaquiraí e Bataguassu. O candidato deve ter diploma, devidamente registrado, de curso de graduação em Medicina Veterinária, registro profissional regular no Conselho e CNH (Carteira de Habilitação), no mínimo na categoria “B”.

Para zootecnista são três vagas destinadas para Corguinho, Miranda e Iguatemi. O candidato deve ter diploma de graduação em Zootecnia, registro profissional regular no Conselho e CNH, no mínimo na categoria “B”.

Para ou comunicação social, são duas vagas para Campo Grande. O candidato deve ter graduação em comunicação social e habilitação de categoria B. Dentre as funções da vaga estão: participar da formulação e execução do planejamento estratégico, da elaboração, da implementação e avaliação de políticas e programas governamentais de impacto direto e indireto nas comunidades rurais de agricultura familiar.

Para gestão de desenvolvimento rural em nutrição, o concurso dispõe de apenas uma vaga, para a Capital. Assim como os demais cargos, a categoria também pede CNH B, graduação em nutrição e registro profissional.

Para economia doméstica são três vagas para atuar em unidades de Campo Grande, Tucuru e Batayporã. Já para técnico agropecuário, são 10 vagas com salários de R$ 2.333,52, para a Capital, Ponta Porã, Antônio João, posto Itamarati, Coronel Sapucaia, Aral Moreira, Paranhos, Sete Quedas, Tacuru, Japorã, Itaquiraí, Nova Andradina, Angélica, Taquarussu, Amaurilândia, Batayporã, Corguinho, Figueirão, Alcinópolis, Rio Verde Mato Grosso, Paraíso das Águas, Água Clara, Santa Rita do Pardo, Paranaíba, Rio Negro, Bodoquena, Corumbá, Jardim, Porto Murtinho, Juti, Fátima do Sul, Caracol e Maracaju.

Para cargos administrativos, são 10 vagas para atuar na Capital, com salários de R$ 2.121,38. O candidato deve ter diploma, devidamente registrado, de conclusão do Ensino Médio, fornecido por instituição de ensino, reconhecida pelo Ministério da Educação e CNH B.

Veja também

Dentre as vagas estão para função de operador de escavadeira e motorista de caminhão

Últimas notícias