A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) irá ofertar, ainda no primeiro semestre de 2023, uma pós-graduação lato sensu em “Linguagem, Educação, História e Movimentos Sociais”. A oferta da especialização é fruto de uma parceria com a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul). 

A especialização tem como público-alvo professores, técnicos administrativos filiados a FETEMS e a comunidade externa para pessoas envolvidas em movimentos populares vinculados a questão da terra, trabalhadores ligados a CUT e a CTB, negros, povos nativos, pessoa com deficiência e LGBTQIA+.

A pós-graduação ofertará 100 vagas. De acordo com a UEMS, a área de concentração é nos Estudos da Linguagem, com três linhas de pesquisa: linguagem e movimento sociais, educação e movimentos sociais e história e movimentos sociais.