Para celebrar 35 anos de fé e devoção, o Santuário Diocesano São Judas Tadeu promove nos dias 19 a 28 de outubro, mais uma edição do seu tradicional Novenário. O evento anual visa abençoar os diversos povos e nações que compõem a identidade cultural de Campo Grande.

Todas as noites, às 19h30, será realizada uma missa solene com a participação de diferentes nações, representadas por seus consulados, embaixadas e associações culturais. Durante as celebrações, as bandeiras do Brasil, Paraguai, Japão, Itália, Argentina, Portugal, Estados Unidos, Bolívia e Líbano serão apresentadas, acompanhadas pela veneração de seus respectivos padroeiros e concluídas com uma bênção especial para cada nação.

Novenário
Novenário de São Judas Tadeu (Divulgação)

Para os devotos de São Judas Tadeu, haverá, a cada dia, uma bênção especial abençoando diferentes aspectos da vida, como família, crianças, leigos e leigas, enfermos, velas, objetos de devoção, água, carteira de trabalho/canetas de concurso e remédios.

Além das celebrações religiosas, a programação do Novenário conta com barracas típicas das nações participantes, apresentações culturais, um Festival de Prêmios no dia 21 de outubro e um churrasco no dia 29 de outubro, que finaliza os festejos do Padroeiro.

Em 2023, o Novenário é realizado em um contexto especial, pois ocorre em meio ao projeto de revitalização e restauração do Santuário Diocesano São Judas Tadeu, considerado símbolo de Campo Grande. A comunidade é convidada a se unir nas celebrações para homenagear as raízes e culturas que moldaram o povo campo-grandense.