Os cartórios de Mato Grosso do Sul registraram o menor número de nascimentos desde 2017, quando foi contabilizado 40.378 registros de bebês no estado, uma queda de 7% no número de nascimentos em MS.

Conforme o Portal da Transparência do Registro Civil do país, o maior número de nascidos em MS desde 2015 – início dos dados disponibilizados – foi em 2017. Foram 47.043 nascimentos no Estado.

Nos anos seguintes, menos bebês nasceram em Mato Grosso do Sul. De acordo com os dados disponibilizados, em 2018 e 2019 foram 46 mil registros de nascimentos e, em 2020, ano da pandemia da covid, foram 42 mil nascidos.

Ao todo, nos últimos seis anos, foram mais de 266 mil registros de nascimentos em MS, com média de 44,4 mil por ano. Confira a tabela com os dados do Registro Civil:

AnoNascimento
202240.378
202143.437
202042.822
201946.274
201846.764
201747.043
Fonte: Portal da Transparência do Registro Civil

Nomes mais registrados

Em 2022, Mato Grosso do Sul repetiu o padrão de 2020 e 2021. De novo, os nomes Miguel e Helena lideraram os registros, sendo este o terceiro ano consecutivo. No Brasil, aconteceu da mesma forma: Miguel e Helena foram os nomes campeões tanto no ano passado quanto neste ano.

Confira quais foram os 10 nomes mais registrados em MS em 2022:

1 – Miguel
2 – Helena
3 – Alice
4 – Gael
5 – Arthur
6 – Maria Alice
7 – Cecilia
8 – Theo
9 – Heitor
10 – Samuel

Os 10 nomes masculinos mais registrados em MS em 2022

1 – Miguel (176 registros)
2 – Gael (159 registros)
3 – Arthur (144 registros)
4 – Theo (116 registros)
5 – Heitor (115 registros)
6 – Samuel – (112 registros)
7 – Davi (100 registros)
8 – Gabriel (98 registros)
9 – Pedro (84 registros)
10 – Isaac (83 registros)

Os 10 nomes femininos mais registrados em MS em 2022

1 – Helena (169 registros)
2 – Alice (160 registros)
3 – Maria Alice (123 registros)
4 – Cecilia (116 registros)
5 – Maite (97 registros)
6 – Maria Julia (80 registros)
7 – Isis (73 registros)
8 – Heloisa (71 registros)
9 – Valentina (68 registros)
10 – Livia (64 registros)

Os dados foram catalogados pelos Cartórios brasileiros e divulgados pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), que reúne a base de dados de nascimentos, casamentos e óbitos registrados pelas unidades presentes em todas as 5.570 cidades brasileiras.

Na plataforma é possível realizar buscas ano a ano em todo o território nacional, em regiões, estados e municípios, possibilitando ainda recortes por nomes simples e compostos.