Além da queda da estrutura metálica que matou Matheus Souza Marques, de 7 anos, na Escola Municipal Cássio Leite de Barros, o temporal com ventos de até 96km/h também destelhou casas e derrubou árvores durante a tarde desta terça-feira (12), em , cidade a 427 quilômetros de Campo Grande.

O governador Eduardo Riedel (PSDB) lamentou a morte da e prometeu ajuda para a cidade. Quatro pessoas ficaram desabrigadas devido aos destelhamentos. De acordo com a da cidade, rajada de vento de 106km/h, entre 14h30 e 15h, foi o principal causador dos estragos.

Ainda segundo a Defesa Civil, em tempo aproximado de 30 minutos, houve ventos com velocidades entre 40km/h, 73km/h e 106km/h. No condomínio Buriti, dos 25 blocos, 17 foram destelhados. Não houve muita precipitação, de acordo com a informação choveu no máximo 27,5mm.

Equipes da concessionária Energisa também foram acionados devido à falta de em algumas localidades. A Defesa Civil volta a fazer diligências na cidade nesta quarta-feira (13). “Demos a pronta resposta nesta terça e amanhã faremos um pente-fino”, disse o tenente Isaque, superintendente da Defesa Civil na cidade.

Durante a queda da estrutura metálica na escola, quatro crianças precisaram ser levadas para atendimento. Duas delas já receberam alta e outras duas estavam estáveis em observação em UPA da cidade.