Um menino de três anos caiu dentro de uma (Escola Municipal de Educação Integral) e quebrou o braço na última sexta-feira (26). A criança teve que ficar três dias internada na , onde passou por cirurgia para colocação de pinos no braço direito.

Consta no boletim de ocorrência que a mãe foi buscar o filho na creche e, ao chegar, foi informada que o menino havia quebrado o braço. A mãe diz que só foi avisada no momento em que foi buscar a criança.

Ainda segundo o registro policial, na creche não souberam informar como ele sofreu a queda. A viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) estava no local, quando a mãe chegou para pegar o filho. Ela então o acompanhou até a Santa Casa.

“Estava brincando na escola, caiu e bateu com a cabeça e por cima do braço. Ortopedista disse que foi grave e que pode prejudicar no crescimento dele. Teve que colocar pino, depois vai usar tala e fazer fisioterapia. Estou revoltada com a situação, a falta de atenção com as crianças. Poderia até ter sido algo pior, bateu a cabeça, poderia ter acontecido algo bem pior. O que passamos aqui no hospital não foi fácil, e ainda sem falar que isso irá afetar boa parte da dele. Agora vai ser um longo processo até ele se recuperar, fora a sequela da criança crescer com o braço torto”, diz a mãe que registrou um boletim de ocorrência. O caso foi registrado como lesão corporal culposa.

Saiba Mais